Luanda - Agentes da polícia nacional na comuna do Munhango atingiram mortalmente um cidadão de nome Abílio Silva de 22 anos, ao passo que três outros cujos nomes não foram identificados, ficaram feridos.


*A Neto
Fonte: Club-k.net

 

O incidente deu-se quando aqueles, integrando um grupo de trabalhadores, manifestaram-se para reivindicar pelos seus  salários em atraso.

 

A polícia não só usou de metralhadoras, como também disparou obuses de morteiro de 81 mm. O incidente atingiu igualmente pessoas em áreas circunvizinhas, ferindo Adelaide Segunda 15 anos, Kapata Ventura e Mariano Paulo ambos de 20 anos, este último com a perna direita amputada no hospital central provincial onde recebem tratamento.

 

O acontecimento teve lugar no passado dia 14 mas as informações apenas agora chegaram ao conhecimento público, supondo-se que o atraso se deva aos problemas de comunicação da área. Munhango é uma localidade limítrofe do Bié que dista  mais de 250 quilómetros nordeste da sede provincial.


Por apurar está o nome da empresa de construção civil que trabalha na área  cujo proprietário, um cidadão português participou queixa à polícia.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: