EXCELENCIA SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL
ILUSTRES DEPUTADOS
SENHORES MEMBROS DO EXECUTIVO
MINHAS SENHORAS E MEUS SENHORES


Angola e seu povo submetidos às situações desumanas inadmissíveis movidas por um regime ditatorial e corrupto há mais de 30 anos que a seguir discriminamos:


 A crise económica revelada na extrema pobreza dos cidadãos; a arrogância política;

 Os golpes às leis e à constituição para manutenção infinita no cargo de presidente nunca eleito, como epicentro e fonte da promoção da corrupção; desvio de riqueza do país, enriquecimento ilícito da sua família e seus mais próximos;

 Violação das liberdades e direitos fundamentais dos cidadãos, nomeadamente:


• Impedimento das manifestações pacificas e prisão dos seus manifestantes em uma clara violação da constituição;

 

• Prisão dos activistas dos protectorados do Simulambuco (Cabinda) e da Lunda;
 A falta de emprego;


 A intolerância política envolvendo os sobas como autoridades tradicionais, traduzindo-se numa autêntica violência e asfixia dos partidos políticos e suas actividades a coberto das autoridades administrativas e judiciais politicamente partidarizadas amua clara destruição dos valores morais e éticos que caracterizam a cultura bantu;


 O controlo e partidarização da comunicação social pública e inviabilizando a expansão da comunicação social privada;


  Promoção de fraudes eleitorais;


 Espírito de superioridade sobre outros angolanos;

 Humilhação, intimidação e transtornos dos cidadãos na sua deslocação com um aparato militar pondo em causa a liberdade, a honra, a dignidade dos cidadãos e como não bastasse, a reserva de um troço da estrada para uso exclusivo de pessoas previamente seleccionadas;

 
 Expropriação de terras e demolições selvática das residências dos pacatos cidadãos;

 
 Absurdas promessas irrealizáveis;


 Espancamento impiedoso das sofredoras zungueiras e zungueiros e o dos seus bens;

 
 Discriminação nos locais de serviço e não só por razões partidárias, etc.
As situações acima apontadas são ou não verdadeiras?

 

Minhas senhoras e meus senhores


O auto proclamado Presidente Constitucional de Angola a 32 anos no poder, além da promoção interna das graves situações acima referidas, vai impondo a sua vontade ditatorial, antidemocrática e contra as democracias e decisões soberanas eleitorais em outros países Africanos a exemplo do Hitler e do comunismo Russo.


A sua actuação deve ser reflectida com a máxima responsabilidade e objectividade necessárias para evitarmos conflitos futuros entre povos irmãos.


Minhas senhoras e meus senhores

 

Outrossim, alguns políticos dos regimes confundem-se e desorientadamente ameaçam tomar medidas duras contra o povo que se manifestar, Contrariando assim á Constituição.

 

Desde o inicio da humanidade, as mudanças das e para as distintas fases da evolução das sociedades, as mudanças de regimes políticos, as conquistas das Independências, das democracias, das liberdades, dos direitos, da paz, foram sempre alcançadas com sacrifícios e coragem de saber assumir o risco pelo povo, injustiçado. Não importa a dimensão da ameaça nem o grau do risco, o importante é a honra e dignidade para o povo angolano.

 

Minhas senhoras e meus senhores


O PRS continuará a sua luta para uma justiça humana, para uma repartição justa da riqueza nacional e acima de tudo um subsídio salarial para os cidadãos sem emprego.

 

Muito obrigado

Luanda, 23 de Fevereiro de 2011



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: