Carta aberta ao Presidente da República de Angola


Ao Gabinete Presidencial de sua Excelência o Presidente da Republica de Angola,
Sr. José  Eduardo Dos Santos,


Angola Humanity Holland é uma instituição não-governamental com mais de 1.6 milhões membros / filiados em toda a Europa. Angola Humanity se propõe em proteger a identidade do povo Angolano assim como seus direitos dentro e fora da Europa.

 

Angola humanity vem se mostrando preocupada com a  detenção do “Repista” Angolano Brigadeiro. O mesmo foi aprendido quando exercia o direito fundamental, previsto na constituição, de manifestar suas convicções políticas respectivamente pacíficas em apoio a manifestação de 7 de março 2011.


Vosso governo  tem se mostrado democrático e respeitador das leis constitucionais de Angola. A retenção de intelectuais assim como pessoas ligadas a cultura e a “mídia”, afecta  diretamente a imagem de Angola no exterior.

 

Por isso pedimos a vossa intervenção nesta questão; garantindo assim a integridade física e moral e conseqüentemente a libertação de não somente o senhor Angolano Brigadeiro, mas também de todos outros Angolanos também retidos, direta ou indiretamente ligados a manifestação.

 

Contamos com vossa sabedoria e senso de justiça para resolver essa questão pacificamente e fazendo de Angola um pais ainda mais democrático e exemplo para outros países africanos.

 

Membro do conselho e coordenador de campanha eleitoral em Amsterdã
do Pvda ( Partido do trabalhador na Hollanda )

Com todo respeito,
p/a  Angola Humanity Holland,
Presidente Angola Humanity

Gonçalves Domingos  



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: