Luanda - Na madrugado do dia 8 tentei imaginar como foi a noite dos “editores” do Club-K depois que, a manifestação que eles TANTO promoverem, não aconteceu acredito que alguns deles tiveram pesadelos. E verdade que este website promoveu tanto o tal evento que muitos pensavam que o dia 7 iria de ter uma revolução sem precedente não só em Luanda, mais de Cabinda ao Cunene. Mais a final no tal dia 7 só uns 17 angolanos apareceram no Largo da Indecência.

 

Fonte: Club-k.net


Esta decapagem entre o que aconteceu e aquilo que o Club-K previa era previsível porque só aqueles que não conhecem a realidade angolana podiam acreditar que milhares os milhões de angolanos se reuniram para manifestar. O político Justino Pindto De Andrare (Oposição) qualifico de “brincadeira” a manifestação dias antes do dia 7 a AFP (Agence France Press), porque sabia que angolanos não iam se reunir ao apelo de desconhecido, mais o Club-K mesmo depois de ter o conhecimento da entrevista, recusou o publicar no seu site e continuo a agitar os angolanos.


O Club-K optou para “agitação” porque realmente pensou que a manifestação iria de pegar mais como eu disse no princípio deste texto, só aqueles que não conhecem a realidade angolana acreditaram que muita gente iam manifestar. Os promotores deste evento são na verdade angolanos que vivem no exterior a muito tempo (a maioria deles no Benelux Portugal e Reino unidos), que estam desconectados da realidade que os angolanos vivem livramento. Muitos deles já tem vistos de residência ou nacionalidade deste países e escolheram o anonimato da internet para agitarem os verdadeiros angolanos a manifestar enquanto eles estam no conforto das suas casas na Europa.


Isto foi confirmado no dia 7 porque teve mais angolanos reunidos em frente das embaixadas (Londres e Bruxelas) que no Largo da Independência Agora vos pergunto; Acham que o tal de Agostinho Jonas Roberto Dos Santos estava enfrente de uma embaixada ou no Largo da independência? Os frustrados do dia 7 tentam esconder o fracasso da manifestação como diz aquele artigo da Angonoticias, e e exactamente aquilo que esta a acontecer com Club-K. Desde do dia 7 o website multiplico os artigos elogiando a “pseudo-manifestacao” que acontecerem em frente de embaixadas mais na verdade aquilo que aconteceu em Londres não e nada mais que um acto de vandalismo.


Recordam-se que o próprio vídeo posto no club-k que “explica as razão da manifestação do dia 7” repetiu muitas vezes que o evento ia ser pacífico mais não vejo nada de pacifico naquilo que aconteceu na embaixada em Londres onde uma funcionaria de recrutamento local foi violentamente agredida pelo um frustrado do dia 7. 


Agora pergunto ao Club-K, será que um dia vocês vão publicar um artigos reconhecendo que a manifestação do dia 7 (em Angola) foi um fracasso ? Provavelmente nunca porque o Club-K que eu conhecia perdeu credibilidade e publica artigos sem publicar os nomes dos ditos “especialista” entrevistados e publica mais boatos que verdadeira noticias. Caro editores deste Website por favor voltam a publicar noticias “Imparciais e Balanceadas” envies de artigos com opinião vossa.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: