Lisboa - José Tavares, actual administrador municipal do Sambizanga, foi desalojado da residência que vivia a três anos, no dia 16 de Março de 2011, as 10 horas, através  de um despacho do Tribunal Provincial de Luanda.


Fonte: Club-k.net

Tinha divida de mais de 100 mil dólares


O caso foi levado ao tribunal pelo proprietário da residência notado que José Tavares não estava a pagar a renda a mais de dois anos totalizando a divida de mais de 100 mil dólares.  A casa em causa localiza-se no Bairro São Paulo junto ao Bairro Fiscal.


Quando a noticia chegou ao mesmo, José Tavares encontrava-se na   administração a trabalhar. Porém,  com o seu tone de "arrogante" saiu  em alta velocidade para residência acompanhado de uma patrulha da policia e no local encontrou   o elenco da  justiça.



Administrador  “arrogante”  como é chamado pelos munícipes não conseguiu  falar nem reclamar nada, pediu a sua esposa e o segurança para retirar as coisas de casa e meter no contentor que se encontrava no quintal. José Tavares esta neste momento   a viver temporariamente numas das casas do actual administrador comunal do bairro operário, António caldas.



Sabe-se que José Tavares  foi  viver no Sambizanga para  conquistar o lugar de Administrador Municipal mas como não tinha casa no município,  o mesmo  arrendou a  casa ao qual foi agora  despejado.



Fontes seguras deram a conhecer ao Club-k que mesmo para pagar a divida, o mesmo  teve de  vender,  na sexta feira,  18 de Março, um terreno que estava destinado a  construção de um  Centro Materno Infantil e Posto Policial na Comuna do Ngola Kiluange, a uns  empresários Malianos


Quem é  José Tavares:

•         Administrador Municipal do Sambizanga
•         Presidente da Associação AKWA SAMBILA
•         Sócio da Casa Mimosa
•         Presidente do Comité Miss Sambizanga
•         Coordenador dos Desalojados de Calamidades Naturais do Sambizanga.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: