Luanda – O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, desmentiu hoje (sexta-feira), em Luanda, que tenha avultadas somas em dinheiro depositadas em bancos estrangeiros, desafiando os mentores de tais informações a provarem-nas.


Fonte: Angop

Planos de colocar fantoches no poder

José Eduardo falava na abertura da primeira sessão extraordinária do Comité Central do MPLA, preparatória do IV Congresso Extraordinário, a decorrer de 29 a 30 deste mês.


“Na Internet, alguém pôs a circular a notícia de que o Presidente de Angola tem uma fortuna de vinte biliões de dólares no estrangeiro”, afirmou.


De acordo com o Chefe de Estado angolano “se essa pessoa fosse honesta e séria, devia indicar imediatamente ao Departamento de Inteligência Financeira do Banco Nacional de Angola (BNA) os nomes dos bancos e os números das contas em que esse dinheiro está depositado, para que o Tesouro Nacional possa transferir esse montante para as suas contas”.


Sublinha que “isso não é nem será feito porque se usa a mentira, a intriga, a desinformação e a manipulação para dividir as forças patrióticas e afastar o povo do Governo, preparando deste modo as condições para executarem os planos de colocar fantoches no poder, que obedeçam à vontade de potências estrangeiras que querem voltar a pilhar as nossas riquezas e fazer-nos voltar à miséria de que nos estamos a libertar com muito sacrifício”.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: