Benguela - O comando da polícia nacional já deteve na última semana, o cidadão chinês, acusado de ser o presumível autor da morte do jovem “kinguila”, no mês de Novembro do ano passado, na cidade de Benguela.


Fonte: Apostolado
 

A detenção foi possível através de acções operativas combinadas entre Benguela e Luanda, segundo o porta-voz do comando provincial da polícia, Carlos Mota.

 

“ O individuo foi reconhecido mas nós não vamos nos pronunciar de forma mais profunda porque ele ainda não foi levado ao procurador provincial, para indiciá-lo da prática destes crimes” – afirmou.

 

Segundo Carlos Mota, “ existem todos os meios de prova”.

 

“Um trabalho aturado que começou aqui na província de Benguela. Houve coordenação e o resultado foi a detenção deste indivíduo de nacionalidade chinesa” – acrescentou.

 

A polícia nacional já comunicou esta detenção às entidades chinesas em Angola, segundo aquele oficial da polícia.

 

“ Fizemos as comunicações devidas quer á embaixada, quer a outros organismos a que ele se calhar está vinculado. Não temos a plena certeza disso. Aquilo que ele nos vai dizendo preparamos e então nós fizemos as comunicações” – assegurou.

 

A reportagem da Ecclesia deslocou-se esta manhã à parada onde o jovem comprava e vendia a moeda norte-americana.

 

No local, os seus companheiros reagiram com satisfação à detenção do presumível autor do crime.

 

“ Que a polícia faça um trabalho transparente, para vermos o assassino que levou o nosso colega à morte” – pediu um dos colegas do jovem assassinado.

 

De recordar que o jovem foi morto e roubado 30 mil dólares norte-americanos.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: