Londres - A ausência nos ultimos dias, da comandante interina de Luanda,  Maria Elisabeth Raque Franque “Bety”   é atribuída a um mau estar que determinou a sua  evacuação para Portugal, onde a  se encontra a receber tratamento médico.


Fonte: Club-k.net



Em meios do comando provincial alegam   que o seu estado  de mau  estar  aconteceu, depois de lhe terem   transmitido que  não seria ela a ser confirmada como Comandante  da policia  em   Luanda,  em substituição do comissário Joaquim Ribeiro.



De recordar que a comandante Elisabeth Frank é uma das mais notabilizadas mulheres que ascendeu ao rank da Policia nacional oriunda das extintas FAPLA. No período  dos acordos de Alvor fez parte do primeiro destacamento feminino da primeira região militar do MPLA baseado no  norte do país ao qual ajudou a criar. É reconhecida por participado  nos combates para a libertação de Caxito como integrante da 9ª brigada de infantaria motorizada.  A quando do anuncio da independência nacional foi uma das integrantes  do esquadrão feminino que combateu contra a FNLA,  na conhecida  batalha do Kifangondo.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: