Luanda - O  Ministro do Interior, Sebastião Martins mostra-se deselegante com o comandante da policia no Município da Ingombota, o  subcomissário Dias do Nascimento por ter conduzido uma  operação de agressão  e detenção contra um grupo de jovens que no passado dia 25 de Maio tomavam parte de uma manifestação contra a pobreza no largo da independência.


Fonte: Club-k.net



Logo após ter sido ocorrente do procedimento do Comandante Dias do Nascimento, o governante entrou em contacto com o mesmo para lhe repreender quanto ao embaraço que criou para a imagem do executivo liderado pelo Presidente José Eduardo dos Santos. Na mensagem que Sebastião Martins fez lhe transmitir, deu a entender que deveria deixar os “miúdos” se manifestarem sob alegação  de  eles  depois iriam ter fome  e conseqüentemente abandonariam o largo da Independência.


Detenção de  Jornalista


Naquele mesmo dia, o Subcomissário Dias do Nascimento,  deteve, um  repórter da Rádio Despertar Coque Mukuta.  Segundo os manifestantes,  o oficial sabia  que o detido  era  jornalista, uma vez que  estava identificado. O Jornalista foi detido para não passar a detenção dos 6 primeiros detidos no noticiário das 2h 30m.  No local,  o Comandante foi visto  a indicar a detenção do profissional da comunicação para um carro a parte onde foi levado sozinho, “para ver que foi intencional e com abuso é que o jornalista foi levado num carro aparte para 3ª esquadra”.


De recordar que dada aquela ocorrencia, chegou-se mesmo  a suspeitar que o  subcomissário Dias do Nascimento teria aproveitado o momento da manifestação  para realizar prisões arbitrarias no sentido de causar embaraços ao Governo angolano  em  retaliação ao afastamento do comissário “Quim” Ribeiro de quem é muito próximo.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: