Malanje – A  Vice Governadora para o Sector Político e  Social de Malanje, Alice Van-duném foi ao Sector do Késsua onde está situado o Instituto Médio Agrário de Malanje,  para  tentar   persuadir o corpo docente a desistir da paralização total  das aulas prevista para 21 de Junho.

 

Fonte: Club-k.net

A responsável do Governo Provincial, que por sinal tem um filho seu a frequentar  aulas naquela instituição, ainda falou da sua situação, já que também, está, desde Novembro de 2010, altura da sua nomeação, sem salários, mas não foi bem sucedida.

 

Desde fevereiro último sem salários, os professores do IMAM, a coisa de dois meses que já não aparecem para dar aulas aos alunos.

 

Quarta-feira, 15 apresentaram um memorando dirigido ao Governador Provincial, Boaventura Cardoso, contendo quatro pontos que vão desde o pagamento de salários aos professores em regime de contrato, a activação do número de agente aos professores efectivos, pagamento de salários aos professores colaboradores e o pagamento dos salários  atrasados dos meses de Fevereiro e Março de 2010.

 

Por unanimidade os professores decidiram durante o encontro com a vice governadora, Alice Elisa dos Santos Martins Vanduném, paralizar  totalmente as aulas no dia 21 de junho, caso a situação não seja resolvida até ao próximo dia 20.

 

No Instituto Médio Agrário de Malanje, inaugurado por Eduardo dos Santos, Presidente da República, por coincidência em junho de 1997, leccionam 54 professores sendo cinco de nacionalidade cubana e nele estudam presentemente 750 alunos, distribuídos em 22 turmas.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: