Lisboa - Manuela David, funcionaria sênior  da Sonangol e igualmente apresentada como uma das esposas do ministro da industria, Joaquim David (na foto) revela-se desapontada com o funcionamento das instituições bancarias em Angola com realce ao Banco BAI onde a mesma é  detentora de uma conta.


Fonte: Club-k.net


Consta que alguém apareceu numa das agencias do Banco BAI em Luanda,  com uma procuração que se fazia crer ser da autoria da mesma para proceder a uma operação que culminou com o levantamento de cerca de   250 mil dólares.  Os maus feitores foram apanhados na segunda tentativa quando desejavam levantar outra quantia correspondendo a  cerca de 100 mil dólares americanos.

 

Esta segunda  operação coincidiu num momento em que Manuela David  se deslocou a uma outra  dependência do banco em referencia e um dos gestores deu conta que estava ocorrer levantamento simultâneo na mesma conta.  O assunto foi averiguado tendo as partes dado conta da ocorrência de alguma anormalidade.  Foi assim que  a Manuela David, apercebeu-se que antes, assaltantes haviam já levantado outros valores fazendo-se passar por seus funcionários.


Por norma quando alguém aparece com uma procuração ou bilhete do dono da conta para levantar dinheiro, o gestor do banco tem a obrigação de  telefonar  para o dono da conta a fim de certificar de que a ordem é verdadeira.  Neste caso, que agora esta  sob investigação , as partes procuram  perceber porque que o gerente bancário não contactou  a senhora Manuel David.

 

A pratica de enviar mandatários para levantar dinheiros em bancos é exercita por muitos dos dirigentes angolanos. O  Chefe da Casa Militar  Manuel Vieira Dias “Kopelipa” e o ex-ministro Desiderio Costa são visto como excepção que optam por se deslocar pessoalmente as   instituições bancarias para levantar dinheiro.

 

Na seqüência do sucedido com a esposa de Joaquim David, correu na internet, um email advertindo que tais  assaltos estão a acontecer com a colaboração de  amigos da UNITEL. O correio electronico cujo conteúdo, o Club-K, transcreve começa com o seguinte dizer:

 

“Caros Senhores: Abram os olhos

 Estes bandidos estão demais cada vez procuram se aperfeiçoar mais.  Os salteadores estão se unindo com trabalhadores de bancos e agentes da  UNITEL  para fazer o golpe. Os trabalhadores bancários envolvidos  investigam empresas com movimentações freqüentes, retiram as assinaturas das contas, bem como numero de telefone de confirmação dos levantamentos  de empresas ou individualidade. Ai começa a festa, o numero de telefone é   passado para o funcionário da UNITEL, que por sua vez bloqueia o cartão e  retira a segunda via do mesmo cartão, neste momento o funcionário bancário  já  fez um pedido de cardenetas de cheques, depois passam cheques em   avultados valores, em nome de pessoas estranhas.”

 

“Quando a agencia do banco  ligar para confirmar os valores, atende um dos membros da rede se fazendo  passar por assinante da conta. O golpe de cancelar o numero de telefone  eles fazem num prazo de 24H. No dia seguinte o telefone da vitima passa  funcionar normalmente o que faz pensar que era uma falha tecnica da UNITEL. Neste momento a UNITEL  esta com vários processos às costas a serem  instruídos para o tribunal.”

 

“Estes ladrões estão a dar este golpes a varias empresas e  individualidades. Na segunda feira 14 de junho foi desmantelada já uma  rede que fazia o mesmo golpe.”



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: