Luanda - Uma delegação de alto nível da CG do Manifesto do Protectorado da Lunda Tchokwe, chefiada pelo Eng.º José Mateus Zecamutchima SG/CCG, que integrou também os Secretarios; Eng.º Gideão dos Santos, Dr José Alberto, José da Silva e Bernardo Naiminha, foi recebido oficialmente no dia 6 de Julho de 2011, pela Embaixada dos EUA em Angola.

 
Fonte: Club-k.net
  

 

 

 

 

 

 

O encontro que se realizou no edificio sede da Embaixada dos EUA em Luanda, teve como objectivo a entrega de uma carta para o Presidente Barack Obama e o Senando dos EUA, para além das explicações do caracter pacifico e sem violência da luta reivindicativa do direito legitimo, da necessidade urgente do dialógo aberto, transparente e sem ambiguidades com o Governo Angolano sobre a Autonomia Administrativa e Financeira efectiva da Lunda (Kuando Kubango, Moxico e Lundas Norte e Sul).

 


Abordou-se também a questão de intimidações e perseguições continuadas pelo governo angolano a membros do Manifesto, da violação sistemática de direitos humanos no interior da Lunda, do meio ambiente e da soltura de ( 7 ) activistas politicos aprisionados na cadeia da Kakanda na Lunda-Norte ao abrigo do artigo 26 da Lei 7/78, de crimes contra a segurança de estado, já revogada em 2010 pela Assembleia Nacional de Angola.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: