Luanda - O presidente eleito de direcção do Clube Desportivo 1º de Agosto, Carlos Hendrick, realçou a necessidade de se implementar maior dinamismo ao futebol, no quadriénio 2011/2015, para que a modalidade possa regressar ao topo no país.


Fonte: Angop

 
O dirigente manifestou esta intenção no final da assembleia-geral, realizada  em Luanda, que culminou com a sua eleição para substituição do seu irmão Raúl Hendrik.

 
"Espero corresponder as expectativas, atendendo à vossa preocupação de prestar maior atenção ao futebol", salientou.
 

Carlos Hendrick, que liderou a única lista ao pleito, obteve 481 votos a favor, 109 abstenções num acto que registou 13 votos nulos.
 

Na ocasião, foram recordados os feitos do elenco cessante com destaque para os títulos de basquetebol, Voleibol e andebol, além da construção e reparação das infra-estruturas, com maior realce para o campo de andebol do Gama e as melhorias registadas na sede do clube.
 

A lista de Ambrósio Narciso, outro concorrente, foi inviabilizada por irregularidades, segundo a comissão eleitoral. De acordo com a fonte a mesma não reuniu os pressupostos básicos previstos no regulamento eleitoral, sendo a mais grave a falta de declarações de compromisso de honra dos elementos constantes.
 

Constam da lista vencedora Geraldo Sachipengo “Nunda” (na foto), presidente da mesa da assembleia, Agostinho Nelumba “Sanjar”, Francisco Afonso, Gaspar Rufino, Augusto Cunha e Apolinário Júnior como vice-presidentes.

 
Destaque ainda para os vice-presidentes para o futebol e basquetebol Gouveia Sá Miranda e José Moniz, respectivamente, além de Carlos Aguiar para o andebol e Archer Mangueira como vogal.

 
O 1º de Agosto, fundado em 1 de Agosto de 1977, movimenta as modalidades de futebol, basquetebol, andebol, atletismo, vela, voleibol, natação, karaté.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: