Montreal - O racismo e tribalismo são armas dos ignorantes estrangeiros do MPLA com o objectivo de incentivar a divisão e melhor reinar.

 

Fonte: UNITA/Canadá

A Unita é composto de angolanos de todos os pontos do país. Desde o Norte até ao Sul e do Leste ao oeste. Na UNITA não existem divisões tribais, raciais. Portanto, num mundo civilizado especialmente num parlamento que tem como objectivo de defender os interesses do povo não é aceitável que se incentive expressões prejudiciais como "os sulanos" deveriam abandonar a sala.

 

O MPLA utilizou sempre a filosofia de divisão principalmente em momentos como estes em que se aproximam as eleições. É de conhecimento geral que com estas insinuações negativas o MPLA aproveita-se para manipular as elicões a seu favor. Infelizmente a UNITA não cai neste jogo "divisionista".

 

As promessas feitas pelo MPLA foram vazias e não há evidências palpáveis de programas sociais concretizados que têm beneficiado o povo comum. Assistimos sim, um nível altíssimo de corrupção institucionalizada na qual lideram a lista familiares do actual presidente do MPLA (José Eduardo dos Santos) e os seus amigos mas próximos a destacar o conhecidíssimo Kopelipa, Nadou e outros membros afiliados ao governo e ao MPLA.

 

Por último, o MPLA aplicou na constituição o artigo 107 mas infelizmente o mesmo não respeita e não aplica a lei integralmente. Como consequência deste paradoxo parlamentar é normal e aceitável que democraticamente a UNITA abandone a sala do parlamento. Portanto, a mesma dinâmica - sem democracia - existente no MPLA esta a se verificar no actual parlamento.


ABAIXOS OS CORRUPTOS

UNIDOS VECEREMOS PARA UMA ANGOLA MELHOR

VIVA A DEMOCRACIA

VIVA O NACIONALISMO peimeiro angolano, segundo angolano, terceiro angolano - Dr. Savimbe -
 
VIVA UNITA 

DELEGACAO UNITA DO CANADA

JOSE CHIQUITO  FIGUEIREDO



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: