Valentim agiu por conta propria

Entrevistado pela Voz da América disse que a estrutura de campanha do MPLA mantém-se tal como foi concebid." Nada foi alterado, nem pedimos nada a ninguém. Para nós o pronunciamento dele é idêntico ao que muitos outros cidadãos fizeram a favor do MPLA, e de outros partidos". Na segunda-feira, Jorge Valentim fez um veemente apelo a favor do MPLA, partido que segundo ele , nas condições actuais representa a melhor solução para Angola. Valentim disse que o apelo que fazia não comprometia a sua condição de militante da UNITA.

O secretário do MPLA para a Informação minimizou as sugestões segundo as quais o pronunciamento do antigo ministro do Turismo e Hotelaria era parte de uma concertação do partido no poder, destinada a recuperar terreno em Benguela, e da qual fazia parte também a integração recente, de cerca de 2000 trabalhadores do Porto do Lobito , expulsos em 1992 depois de terem forçado uma greve, supostamente inspirada pela UNITA.

Interrogado especificamente sob eventuais preocupações que o MPLA teria em Benguela, desvalorizou todas sugestões neste sentido. .

*Luís Costa
Fonte: VOA



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: