Luanda - Segundo um MSN enviado  a esta redacção por um jovem no local da manifestação, como resultado da brutalidade policial dentre os vitimas um dos agredidos foi socorrido para um dos hospitais.

 

Fonte: Club-k.net

O repórter do Club-k no local não confirmou ainda a veracidade  da morte em causa mas adianta que a polícia nacional alvejou dois jovens na manifestação, prendeu os organizadores e espancou jornalistas.


A mesma fonte, fez saber ainda que  que “ os manifestantes foram forcados a paralisar a actividade devido o fluxo de supostos  agentes secretos do SINSE que penetraram no grupo dos manifestantes.


O Club-k apurou por outro lado que “em cada  10 jovens tinham 3 polícias secretos”.


O repórter da RTP de imagem viu a sua câmara a ser toda partida e o jornalista da Radio Despertar Coque Makuta também foi agredido fisicamente.


Notícia em actualização



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: