Lisboa – Duas das principais lideranças do Bloco Democrático, Nelson Pestana e o advogado Luis do Nascimento, visitaram esta quinta-feira (29), o grupo de presos políticos da cadeia de Caboxa,  na província do Bengo nomeadamente  “Carbono” Casimiro , Alexandre “Libertador”, Mahenda, Bernardo e Cesar, todos eles condenados a margem da manifestação do dia 3 de Setembro em que foram reprimidos pelas forças de repressão do governo.


Fonte: Club-k.net

Juiz-Presidente Cristiano  André ignora recuso

A informação da agenda da visita  consta na pagina desta  partido no facebook, revelando que os mesmos “Estão bem! Bem dispostos, com o moral elevado e ávidos de leituras, nomeadamente sobre a resistência civil a ditadura.”


“Também   libertam a verve e escrevem poemas  ou compõem musicas. Depois desta visita foram visitados pelos seus familiares.” Le-se na nota assinada por Nelson Pestana “Bonavena”.


De recordar que nas primeiras semanas, as autoridades haviam proibido os mesmos de receberam visita dos familiares e de receberem alimentação trazida pelos mesmos. A aberto deste passo, foi na seqüência de denuncias que davam conta de planos para envenenamento dos estudantes.


Os advogados avançaram com recurso no sentido de o Tribunal Supremo retificar as falhas do Juiz Adão Damião: “Quanto ao recurso interpôs pelos advogados, Luis de Nascimento informou-os de que  já está no cartório do Tribunal Supremo mas a reclamação feita, logo a seguir a sentença (12set11) ainda não mereceu despacho do Juiz-Presidente, Cristiano  André, embora a reclamação deve-se merecer despacho nas 72 horas seguintes” explicou Nelson Pestana concluindo que “Por este andar não terá efeito prático nenhum”.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: