Luanda - Uma manifestação de solidariedade ao director do semanário Folha Oito, William Tonet, acontece este sábado, organizada por um núcleo de estudantes universitários, membros da sociedade civil e jornalistas angolanos.


Fonte: Lusa


O acto tem como objectivo, segundo uma nota de imprensa distribuída hoje em Luanda, "manifestar à comunidade nacional e internacional o repúdio face à injusta pena aplicada ao diretor do semanário Folha Oito, William Tonet".

 

William Tonet foi julgado esta semana em Luanda e condenado pelo tribunal a um ano de prisão por calúnia e difamação a altas figuras do Estado angolano, convertida numa indemnização de cem mil dólares, que deverá ser paga até esta sexta-feira, além de outras multas de taxas de justiça.

 

O jornalista manifestou-se já sem condições de pagar aquele valor, pelo que, na impossibilidade de o fazer, irá cumprir a pena na cadeia.

 

Face à impossibilidade manifestada por William Tonet, regista-se em Luanda uma onda de solidariedade para com o jornalista, liderada por organizações da sociedade civil, nomeadamente a Associação, Justiça, Paz e Democracia (AJPD) e a Associação Mãos Livres.


O apelo para o apoio a William Tonet feito via rádio e internet é no sentido de se reunir até sexta-feira, os cem mil dólares da referida multa, tendo sido para o efeito aberta uma conta bancária.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: