Cazengo - Por falta de meios de transporte para o  escoamento dos produtos dos camponeses das localidades de quilómetro 11, Camoma e Kirima arredores daquele município mais de 80 toneladas de mandioca, amendoim bem como outros produtos agrícolas podem estar em via de apodrecimento nos próximos dias.

 
Fonte: Club-k.net

A manifestação foi apresentada por um grupo de camponeses durante a digressão da secretária de Estado para o Desenvolvimento Rural, Filomena Delgado, que efectuou naquelas zonas rurais. Os camponeses mostraram se também desassossegados pelo facto de constatar-se um grande atraso na mecanização das terras aráveis circunscritas no plano da presente época agrícola, motivo que poderá comprometer a capacidade dos níveis de produção desejado pelos agricultores daquela região.

 
O presidente da Associação de Camponeses no município de Cazengo, José Cristóvão, lançou o grito de socorro a quem de direito devido a falta de meios mecanizados, sementes, instrumentos agrícolas e transporte para o escoamento dos produtos do campo para a cidade, como principais dificuldades na vida dos agricultores organizados em cooperativas e associações de camponês na referida área.

 
Entretanto, Filomena Delgado, mostrou-se inquietada face as dificuldades enfrentadas pelos desassossegados camponeses da circunscrição e garantiu fazer tudo para inverter o quadro, sobretudo em relação a dificuldades de meios mecanizados e promoção do comércio rural.

 
Acompanhada do vice-governador provincial para a área económica, Abreu Manuel Pereira da Silva, a secretária de Estado para o Desenvolvimento Rural em gesto de pré-campanha como tem sido já hábito dos dirigentes do círculo do regime, ofereceu bens de primeira necessidade constituída por géneros alimentícios e não alimentícios bem como uma moagem de bombom para as cooperativas das referidas localidades.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: