Luanda – O primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, vai realizar uma visita oficial de 24 horas a Angola no próximo dia 17 de Novembro, com passagem apenas pela capital, Luanda, disse à agência Lusa fonte do seu gabinete.


Fonte: Sapo/Lusa

Em Luanda, o primeiro-ministro português vai encontrar-se com o Presidente da República, José Eduardo dos Santos, com o presidente da Assembleia Nacional, Paulo Cassoma, e com empresários portugueses e angolanos.


A mesma fonte do gabinete de Passos Coelho adiantou à Lusa que o primeiro-ministro português vai deslocar-se a Angola com uma comitiva constituída apenas por um assessor de imprensa, um assessor económico e um assessor diplomático.


Uma das razões para esta tão curta visita ao país deve-se ao facto do chefe do executivo do governo português em não querer ausentar do país durante o debate do Orçamento do Estado para 2012. À chegada a Luanda está prevista para a noite do dia 16 e regresso a Lisboa na manhã do dia 18 de Novembro.


No dia 17, o Passos Coelho deverá ainda visitar a Escola Portuguesa de Luanda e obras consideradas emblemáticas da responsabilidade de empresas portuguesas como a nova Assembleia Nacional e a futura marginal da capital angolana.


Passos Coelho tem uma ligação pessoal a Angola, onde viveu durante a infância, e sempre foi sua intenção visitar este país logo no início do seu mandato de primeiro-ministro.


De acordo com fonte do seu gabinete, Passos pretende voltar a Angola para uma nova visita, dessa vez mais longa e com uma comitiva mais extensa.
Angola é um dos principais mercados da economia portuguesa fora da União Europeia e, por outro lado, este país tem aumentado os seus investimentos em Portugal.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: