Joanesburgo - Na África do Sul, o líder da organização juvenil do ANC, Julius Malema, foi considerado culpado de provocar  divisões no seio do partido governamental.


Fonte: VOA


Malema foi suspenso por cinco anos do seu cargo.


Segundo o presidente da comissão disciplinar do ANC,Derek Hanekom, as declarações feitas recentemente por Malema acerca do Botswana foram irresponsáveis e mancharam o nome da organização.

 

No inicio deste ano Malema tinha afirmado que a organização juvenil do ANC devia despachar elementos seus para o Botswana para consolidar os partidos da oposição local e fomentar uma mudança de regime.

 

Malema não foi contudo considerado culpado da acusação de incitamento ao ódio racial  e de inflamar as divisões no país.


A este respeito conversamos com o professor André Thomashausen da universidade da Africa do Sul, que é da opinião de que a carreira politica de Julius Malema não vai acabar aqui.


Segundo aquele académico, Malema pode ainda recorrer da decisão e ,mesmo que não continue no ANC, poderá ser tentado a formar no futuro o seu próprio partido de esquerda.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: