Luanda - O avançado brasileiro Rivaldo, campeão do mundo em 2002, assinou hoje em Luanda um contrato de um ano com o Kabuscorp, vice-campeão de Angola de futebol. Rivaldo, que vai envergar a camisola com o número nove, garantiu que a opção pelo campeonato angolano não se deveu a contrapartidas financeiras, alegando que recebeu propostas melhores, mas sim ao facto de Angola ter o português como língua oficial.

Fonte: Lusa

«Venho com a minha esposa e filhos e uma decisão destas não depende só de mim. Recebi propostas do Brasil e Índia, financeiramente melhores, mas optei por Angola por falar o mesmo idioma que a minha família e também porque Deus me colocou aqui», frisou o jogador, que completa 40 anos em Abril.

 

Instado a comentar o seu desconhecimento do futebol angolano, Rivaldo respondeu esse facto não será um obstáculo, porquanto que também pouco sabia do campeonato da Grécia e do Uzbequistão antes de se transferir para equipas desses países.

 

«Estou feliz com esta nova experiência. Vou procurar honrar a camisola como sempre fiz onde joguei. Apesar da minha idade, confio no meu futebol e posso ajudar a equipa e o próprio campeonato, uma vez que a minha presença poderá abrir portas para outros grandes jogadores», acrescentou Rivaldo, eleito melhor jogador do mundo em 1999.


Rivaldo iniciou a carreira em 1989 no Paulistano, antes de passar pelo Santa Cruz, Mogi Mirim, Corinthians e Palmeiras, todos do Brasil.


Em 1996, depois de ter brilhado no campeonato brasileiro seguiu para a Europa, onde começou por representar o Deportivo da Corunha, de Espanha.

 

As boas exibições abriram-lhe as portas do FC Barcelona, a que se seguiram passagens pela Itália (AC Milan), Brasil (Cruzeiro), Grécia (Olympiakos) e Uzbequistão (Bonyodkor).


Rivaldo sagrou-se campeão em todos os clubes, à excepção do Cruzeiro.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: