Lisboa – Carbono Casimiro, jovem que notabilizou-se por encabeçar as ondas de manifestações em Luanda contra o regime do Presidente José Eduardo dos Santos foi procurado por dois elementos estranhos a porta de sua casa por razões ainda por se compreender.


Fonte: Club-k.net


A revelação foi feita pelo mesmo no facebook: “Dois indivíduos desconhecidos abordaram um rapaz em frente ao meu portão perguntando-lhe se conhecia o Carbono.” Disse acrescentando que “O rapaz, inocente, respondeu que sim e de seguida chamou-me, pois eu não me encontrava muito distante do portão que dá pra rua, fui ter com as pessoas que procuravam saber de mim, deparo-me com os dois senhores, tendo um deles apresentando-se como Correia.”


“Começaram com uma conversa bastante estranha, que me deu logo a entender que não vinham com boas intenções. Usaram o pretexto de querer saber sobre um panfleto qualquer que anunciava emprego, algo meio confuso. Decidi despachá-los.” Contou


Revelou  ainda que “Eles, meio envergonhados, foram para uma direcção que não era bem a deles e fingiam estar a procura de alguma informação. De seguida entrei em casa, peguei a câmara e furtivamente comecei a fotografá-los.”


Carbono conta que “Eles por sua vez, subiram no carro Toyota 4Runner de matricula LD-83-81-CA e não satisfeitos, davam voltas na rua atrás de mais informações, até que ganharam coragem e começaram a fotografar a entrada da minha casa. O seu real objectivo com essa incursão, ficou por perceber. Partilho isto convosco, pois, no caso de algo me acontecer (batam na madeira), já terão um ponto de partida para as investigações”.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: