Luanda - Em 2011 o MPLA celebrou um acordo com a Igreja Católica para apoiá-lo na campanha eleitoral de 2012. Da parte do partido no poder agenciou o acordo Manuel Vicente, na condição de PCA da Sonangol a mando de Eduardo dos Santos, ao passo que da parte da Igreja esteve alguns bispos do regime Dom Damião Franklim e a Filomeno Vieira Dias de Cabinda, com orientações do militante cardeal Alexandre do Nascimento 


*  John Bitapa
Fonte: Club-k.net

Esta é a igreja que Angola tem

A contrapartida foi a atribuição a Igreja Católica de uma bomba de combustível localizada no seu terreno entre a Shoprite e o Centro de acolhimento de menores Arlnaldo Jance no bairro do Palanca.  Tal como em 2008, desta vez os católicos voltarão a abrir os lugares de culto para deputados e dirigentes mobilizarem o voto, assim como deverão contar com prestimosa contribuição de sermões pró eduardista e seu MPLA. Terão ainda direito a declarações publicas de voto e serão recebidos em audiência para induzir o povo, tal como fez  Franklim com Bento Bento nas eleições anteriores.  


Para não dar nas vista o acordo prevê que o pessoal trabalhe com uniforme da Sonangol tal como todo espaço deve estar marcado pelo logo da Sociedade Nacional de Combustível de Angola, Sonangol. 


O apego de Dom Damião Franklim pelo kumbú é também referenciado por muitos estudantes seus da Universidade Católica de Angaola (UCAN), pelo facto de em algumas ocasiões ter expulsado alunos em plena prova por  terem uma mês de propina em atraso. Um dos casos que chegou a nossa redação é um estudante Gaspar da Silva que foi vitima de Dom Damião em 2011, e quando solicitou piedade, se deparou com a seguinte resposta: “ não vou pagar os professores com ar” e noutra ocasião disse mais: “ o dinheiro que vocês pagam nem chega para o chão (mosaíco)  que colocamos na universidade”. No caso de Gaspar Fragoso teve que desistir e este ano voltará a estudar no Instituto Dom Bosco de Estudos Superiores(IDBES, também no Palanca.


Importa referir que a Universidade católica tem um financiamento estatal acima de um milhão de USD por isso não faz sentido isto.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: