Luanda - A visita já estava confirmada desde maio, mas ainda não eram conhecidas as suas datas e duração.

Fonte: TSF

O Presidente brasileiro, Lula da Silva, estará em Angola nos dias 25 e 26 de agosto, confirmou na segunda-feira em comunicado o Ministério das Relações Exteriores do Brasil.


Em comunicado, a diplomacia brasileira indicou que a visita está "prevista para ocorrer em 25 e 26 de agosto de 2023".
A visita já estava confirmada desde maio, mas ainda não eram conhecidas as suas datas e duração.


Durante um encontro com a imprensa estrangeira no Palácio do Planalto, em Brasília, na semana passada, e respondendo a uma questão da Agência Lusa, o Presidente brasileiro admitiu que "já deveria ter ido a Angola", mas que assuntos internos brasileiros o impediram.

"Mas agora a seguir à África do Sul vou passar em Angola e São Tomé e Príncipe", frisou, na mesma ocasião, referindo-se à cimeira dos BRICS, agendada de 22 a 24 de agosto em Joanesburgo, e também à XIV Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), agendada para 27 de agosto na capital são-tomense.


Em declarações à Lusa, em maio, o embaixador brasileiro em Luanda, Rafael Vidal, frisou que estão a ser preparados uma série de entendimentos na área do turismo sustentável e da defesa, nomeadamente a formação e capacitação de tropas angolanas para integrarem as forças de intervenção rápida das Nações Unidas em África.

Vidal referiu ainda a preparação de acordos no setor dos transportes marítimos e terrestres e instrumentos para implementação do acordo de cooperação na área da agricultura irrigada.


Já durante o encontro na semana passada com a imprensa estrangeira, Lula da Silva prometeu apoiar os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e o continente africano em áreas como a educação, agricultura e tecnologia.