Luanda - O Administrador Comunal de Bom Jesus, André Juanga, tem estado a impedir a entronização de novo Soba em Ngolome, Comuna de Bom Jesus, Luanda.

Fonte: Club-k.net

Depois do falecimento do Soba de Ngolome, Comuna de Bom Jesus em Luanda, o Conselho de Anciãos da nossa família reuniu com o intuito de indicar um sucessor e preencher o vazio que se vinha arrastando a mais de dois anos. Acto que teve lugar em Ngolome, no dia 26 de agosto de 2023.

Surpreendentemente tendo a sua Excelência Sr. Administrador Comunal de Bom Jesus comparecido no local e fazendo-se acompanhar de uma patrulha da policia, alegando ter recebido um telefonema do SINSE/Serviços de Inteligência e Segurança do Estado sobre a realização de uma atividade tradicional ilegal de sobado em Ngolome.

 

Já no local, retirou os Sobas presente no acto e encaminhou-os para dentro de sua viatura onde permaneceram mais de 30 minutos. Atitude que a família considerou de pura intimidação, desrespeito a nossa ancestralidade e comunidade.

Por conseguinte, a sua Excelência Sr. Administrador Comunal de Bom Jesus, marcou para o dia 31 de agosto de 2023, às 9 horas, uma reunião em suas instalações onde se fizeram comparecer, já completamente instrumentalizados, sobas de diversas localidades com intuído de declarar como ilegal o acto realizado em Ngolome.

Por outro lado, a pedido da família, o Soba Francisco Kambwembwe, Soba Grande de Bom Jesus, o mesmo que conduziu o acto junto da família em Ngolome - defende que a atividade realizada em Ngolome é um acto legal e realizado de acordo as normas consuetudinárias e praticas ancestrais. Portanto, um Soba grande é soberano em sua Mbanza e um Soba de outra Mbanza não tem nem poderes e muito menos legitimidade de ir á Mbanza de um outro Soba grande declarar ilegalidade de actos - salvo se este for contrária a constituição e a lei, mas para isso existem autoridades competentes para o efeito.

 

Portanto, presume que a sua excelência Sr. Administrador Comunal de Bom jesus tem o pleno conhecimento de que não pode imiscuir-se em assunto de sobado e que os seus interesses inconfessos não podem de maneira nenhuma sobreporem-se a Constituição e a lei. Mas o mesmo continua incansavelmente a instrumentalizar os Sobas da região e intimidar o Soba sucessor com ameaças de morte.


Contudo, o Conselho dos Ancião da família, não irá ceder as chantagens de sua excelência Sr. Administrador Comunal de Bom Jesus e recorrer juntos das instituições de direito de forma a dar uma solução a este diferendo.

Endy Tomé