Huambo - Manuela dos Prazeres é filha de nosso companheiro "KAZOTO" que morreu heroicamente quando em 1992 recuava do massacre pós-eleitoral em Luanda na coluna do companheiro Paulo Lukamba Gato.

Fonte: Club-k.net

Primeiro, relevem-me os camaradas que julgam que não se devia dar importância aos escritos da "menina Kazoto em (os efeitos da intriga)".

Segundo, já basta o MPLA que durante anos maltratou e contínua a maltratar o Grande Timoneiro das Grandes Causas Nacionais o Dr. Jonas Malheiro Savimbi.

Terceiro, já basta o MPLA que anda a combater até a exaustão o Presidente da UNITA Eng° Adalberto Costa Júnior.

Aceitar parado, ouvindo fanfarronices sobre factos de um processo de lutas que esta "menina" desconhece, é no mínimo estar de acordo com ela. Daí a razão de não me calar.

Os culpados de tudo isso são aqueles que elevaram esta "menina" para níveis de responsabilidade política para os quais politicamente não estava preparada.

Apenas um conselho "menina", pára de tocar no nome do VELHO que durante toda sua vida apenas se dedicou a UNIDADE E DIGNIFICAÇÃO DE ANGOLA E DOS ANGOLANOS - 1° O ANGOLANO; 2° O ANGOLANO; 3° O ANGOLANO E O ANGOLANO SEMPRE!

Pára "menina" de fazer o jogo do MPLA, atacando as Lideranças da UNITA. A sua expulsão do Partido é acto consumado. Pára de tocar em Adalberto Costa Júnior que hoje aglutina a esperança do Povo Angolano em derrotar o MPLA nas urnas, quando muitos não acreditam que a democracia é único caminho para derrotar estes patriotas corruptos, vendidos, incompetentes do MPLA.

O potencial para derrotar o MPLA está no Povo que já o demonstrou nas eleições de 24 de Agosto de 2022. Vamos trabalhar este potencial para 2027 na perspectiva de controle e defesa do voto.

Olha! Só para recordar que a expulsão de membros na UNITA no tempo do Presidente Adalberto, também já foi praticada no tempo do Presidente Fundador. No tempo do ex-Presidente Samakuva também foi expulso o senhor George Valentim, o meu Mais Velho Manuvakola também teria sido expulso na mesma altura, tendo-se anulado esta pena através da votação da resolução que optou pela suspensão.

O Mais Velho Manuvakola até hoje reclama no interior do Partido ter sido injustiçado; facto que nunca levou para fora. Por isso, peço-lhe desculpas ao trazer para o público esta ocorrência.

Pára "menina", honra pelo menos a memória dos teus que tudo deram por esta causa.

OBRIGADO