A obra já foi reapresentada em Cabinda no passado dia 3 de Setembro de 2008, dois dias antes das eleições legislativas de 5 e 6 de Setembro. Os Cabindas receberam com muita satisfação, que se traduziu na compra massiva da referida publicação. Algumas das personalidades presentes na reapresentação do livro no enclave foram os emblemáticos activistas dos direitos humanos para Cabinda, Raul Danda e o Engenheiro Chicaia.

O livro também foi apresentado em Malanje na sala de conferências da Rádio Ecclesia. A sala esteve composta, mas destaca-se a presença de sacerdotes da diocese de Malanje, alguns foram professores do autor enquanto estudante no Instituto Religioso daquelas paragens. 

O Padre Pedro em gesto de comentário ao livro disse, “ estou muito satisfeito porque ele é fruto do nosso labor académico”, o Padre. Bumba por sua vez manifestou a mesma satisfação com os seguintes dizeres, “o livro representa claramente a personalidade do autor, ele sempre se empenhou é um grande livro …!”. Por outro lado, o Padre Eduardo Roca de nacionalidade Espanhola que também foi professor do autor, exclamou, “ele tem muita maturidade, é o primeiro orgulho da minha carreira como educador, embora me parece que devia ser mais discreto na demonstração das verdades”..

No passado dia 4 de Agosto do ano em curso, o livro foi apresentado na província das acácias rubras, Benguela. Nesta última a equipa de Marketing não seguiu os caminhos mais adequados pelo que o afluxo de potências leitores não foi tão significativo como noutras paragens.

A digressão do autor por Angola continuará até ao final do ano. Também está previsto cerimónias similares no Instituto dos Maristas e noutras Universidades de Luanda e do país.

Recorde-se que o livro faz uma radiografia de Angola do ponto de vista político, económico e social, com realce para os direitos humanos e seus influxos sociológicos.

Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: