Lisboa - A Zap, operação de televisão paga em Angola - onde a Zon tem uma participação de 30% e é parceira da empresária Isabel dos Santos -, deverá começar a gerar resultados positivos já no final deste ano.


Fonte: Economico.sapo.pt


"Atingiremos o ‘break even' no EBITDA (‘cash flow' operacional) no início deste ano e no resultado líquido e ‘free cash flow' no final de 2012 ou início de 2013, pelo que haverá uma redução do impacto negativo desta operação na Zon", assumiu ontem o administrador-financeiro da empresa, José Pereira da Costa, em conferência telefónica com analistas.


O negócio em Angola continua, no entanto, a penalizar os resultados da Zon. Em 2011, a empresa teve uma quebra de 3,5% do lucro face ao ano anterior - para 34,2 milhões de euros -, devido à operação angolana. A Zap teve um contributo negativo de 10,2 milhões de euros para as contas da operadora. Excluindo este efeito, o lucro teria alcançado 44,4 milhões de euros, uma subida de 2,1%. Não foi, contudo, revelado o número de clientes.


A Zon começará já este ano a consolidar proporcionalmente a Zap, "o que dará um contributo positivo do lado das receitas e do EBITDA", explica Pereira da Costa.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: