O relatório que veem da ONG Europeia Global Witness é em parte  baseado em dados da “Africa Energy Intelligence” que apresenta a Somoil  como sendo propriedade de Manuel Vicente e Desidério Costa. Ambos terão sido cúmplice na mudança de dados de uma operação do bloco 4 supostamente para não serem apontados como cúmplices de corrupção.

Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: