Luanda - Os estrangeiros, falsos angolanos e intrusos não temem os indígenas, os autóctones e donos destas terras que herdaram dos seus ancestrais, por culpa da cobardia e divisões étnicas, tribais, clanicas, políticas, etc. dos mesmos (indígenas).

Fonte: Club-k.net

A raposa temia o galo devido a sua crista que confundia com o fogo; mas quando a tocou, descobriu que era carne e o galo virou presa preferida da raposa.


Quando, nos anos de 1980, Lúcio Lara, foi a Moscovo assinar um acordo de 20 anos entre o MPLA e o PCUS (Partido Comunista da União Soviética) perguntou-se, será que ate lá eles (do MPLA) estarão ainda no poder?


Um acordo entre Mestre (URSS) e Discípulo (MPLA).

 

Hoje, já passaram mais de 40 anos, quase um Meio Século , o MPLA mantém-se no poder.
Os comunistas sabem e dominam


O jogo de idade e do estado de saúde dos seus adversários ou melhor dos seus inimigos políticos.


Onde estão os lideres da oposição daquela época em que Lúcio Lara assinou o referido acordo com os soviéticos, nomeadamente Holden Roberto da FNLA, Jonas Savimbi da UNITA, Daniel Chipenda do MPLA renovado, etc.

Já morreram todos!

E que idades e estados de saúde teem hoje e terão em 2021 os seus substitutos, nomeadamente Ngola Kabangu ou Lucas Ngonda da FNLA, Isaias Samakuva da UNI TA, Abel Chivukuvuku (um pouco jovem ainda), seus companheiros imediatos, e os lideres da sociedade civil verdadeira?


Evitemos a Ingenuidade: Em 2021, não haverá Eleições Autárquicas, mas sim, haverá uma Encenação qualquer, une Mise en scene, diz o francês.

 

"ATE 2021" , Que outro jogo de palavra (uma fraseologia estereotipada)!


ATE,...que os linguistas ou os maquiavelistas nos expliquem o que com isto quer dizer.


O MPLA tem certeza de perpetuar-se no poder ate depois de 2021. A sua maquina de FRAUDE esta bem montada e lubrificada.


Esta fraude começou com um "Registo Eleitoral", quando já se fez um Censo Geral da População.


Despertemos, indígenas, autóctones, aborígenes e libertemos as nossas terras dos estrangeiros, dos imigrantes ilegais e dos intrusos.
"Ketu wandi e mbua, tua yambula e nsizi ko" (não ataquemos o cão, deixando o antílope).

Esperemos a reaccao da "Oposição Política" a esta provocação.

Unamo-nos, senão:

"MAKATA MA NKOMBO MA LEKESA E MBUA E NZALA" (O cão passa fome, esperando em vão que os testículos de cabrito caiam, para ele come-los).


Makuta Nkondo



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: