Luanda -  Prosseguem em bom ritmo as acções de formação/reciclagem de pessoal da TAAG levadas a cabo pela TAP no âmbito de um entendimento visando aprimorar os níveis de organização e funcionamento da companhia angolana. O objectivo imediato da iniciativa (AM 365) é o de permitir o levantamento da interdição aplicada à TAAG pela União Europeia (a prazo: converter a TAAG numa boa companhia).

 As acções em curso têm-se desenvolvido discretamente conforme vontade expressa das autoridades angolanas. Abrangem áreas como organização, sistemas de gestão, operações de voo, manutenção e handling. Usualmente têm lugar em Luanda, onde a TAP mantém uma equipa de ligação, mas também já foram assinaladas algumas em Lisboa.

Prevê-se que no segundo semestre a interdição da União Europeia, entretanto alargada a todas as companhias angolanas, seja levantada.

Dentro de dias espera-se que a ICAO, no termo de uma missão de inspecção, reconheça que a TAAG está a corresponder às exigências que lhe foram impostas como condição para levantamento das sanções.

Fonte: AM



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: