ImageLuanda - O Juiz da quinta secção do Tribunal Provincial de Luanda, disse desconhecer o paradeiro dos supostos mentores do crime conhecido como Massacre da Frescura, ocorrido em Julho do ano passado, no Sambizanga onde oito jovens foram brutalmente mortos por supostos elementos da Polícia Nacional.

Os supostos criminosos não se encontram em nenhuma das cadeias onde habitualmente ficam detidos os acusados correspondentes aos processos transitados em tribunal. Salomão Filipe acrescenta que por enquanto, o processo ainda aguarda pela notificação dos réus e providencias estão a ser tomadas pelo tribunal, para localização dos supostos criminosos.

 E o advogado André Dambi contesta a demora do tribunal em ouvir os réus, dizendo não existirem razões que justificam a morosidade julgamento dos supostos criminosos. André Dambi fala em má fé por parte do Tribunal.

Enquanto isto, a dor e o sentimento de revolta ainda é visível no semblante dos pais que há um ano viram os seus filhos a serem mortos;

Embora haja morosidade no processo, os familiares das vítimas do Massacre da Frescura, aguardam com expectativa o dia do julgamento dos presumíveis autores do assassinato e clamam para que justiça seja feita.
 

Até ao momento não se sabe ao certo a data do Julgamento dos presumíveis mentores do crime conhecido como massacre da Frescura, ocorrido em Julho de 2008, os familiares das vítimas aguardam pela data com bastante expectativa. 

Fonte: Radio Ecclesia



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: