Luanda - Representante da Open Society em Angola diz que a corrupção no nosso país criou uma sociedade onde a maioria da população sente-se descriminada pelo estado.
 
Elias Isaac que falava em Benguela, referiu-se também às demolições que acontecem em Luanda e noutras partes do país, violando assim os direitos do cidadão à luz do dia. Em Angola existe uma corrupção endémica e sistemática enraizada no contexto da governação de uma forma sofisticada.
 
Elias Isaac vai mais longe, dizendo que a maior parte dos políticos em Angola, com excepção, estão envolvidos em negócios dos diversos tipos. A Corrupção é na sua essência inimiga da transparência e da justiça social. Segundo aquele responsável, o sistema de governação em Angola está politizado. 

Fonte: Radio Eclesia



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: