Lisboa - A Odebrecht lançou uma campanha de marketing personalizado destinada a facilitar a venda de habitações (moradias e apartamentos), em condomínios privados dos arredores de Luanda, cuja construção ou promoção tem a seu cargo.


Fonte: AM


 O target da campanha é constituído por figuras das elites angolanas (governantes, altos funcionários, generais, empresários e outros) com grande poder económico. A iniciativa da Odebrecht é vista como sinal convincente de um abrandamento da procura no mercado imobiliário.

 

No passado a procura era superior à oferta. A empresa tem estado igualmente sujeita a atrasos nos pagamentos por parte do Estado. Em breve dará início à construção de um novo condomínio constituído por dezasseis residência de alto standing, com o custo unitário de USD 6 milhões. Neste caso todas as residências foram vendidas na planta.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: