Luanda - O Bureau Político (BP) do Comité Central do MPLA lamentou nesta sexta-feira a morte de António Henriques da Silva "Dinguanza", ocorrida terça-feira (2), na África do Sul, vítima de doença.

Fonte: Angop

Em mensagem de condolências, o BP do Comité Central do MPLA sublinha que “Dinguanza”, que contava com 76 anos de idade, ingressou nas suas fileiras em 1965, e participou “de forma activa na luta armada de libertação nacional, tendo ocupado várias funções, entre as quais destaca-se a de Comandante de Coluna”.

 

O Bureau Político do Comité Central do MPLA inclina-se perante a memória do “insigne patriota e, em nome dos militantes, simpatizantes e amigos do Partido, endereça à família enlutada e às Forças Armadas Angolanas as suas mais sentidas condolências”.

 

Em outra nota, a Associação dos ex-Comandos Treinados no Sudão recorda “o camarada Dinguanza como um combatente intrépido, um militante convicto e um patriota exemplar”.

 

Sublinha que António Henriques da Silva faz parte do restrito grupo de subscritores do acto de constituição das Forças Armadas Populares de Libertação de Angola, ocorrido a 1º de Agosto de 1974.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: