Lisboa – O deputado Liberty Marlin Dircéu Samuel Chiaka, 44 anos, anunciou, esta semana numa reunião interna da UNITA a sua pretensão de entrar na disputa eleitoral partidária de forma a concorrer no próximo congresso, marcada para  Novembro, ao mais alto cargo do partido fundado por Jonas Malheiro Savimbi.

Fonte: Club-k.net

Major das extintas FALA, Chiaka foi o primeiro líder da JURA, no pós-Savimbi. É presentemente o secretário provincial no Huambo. Goza de boa aceitação e prestigio no seio dos seus camaradas que o vêem como um militante disciplinado.

 

Formado em Gestão de Recursos Humanos, Liberty sempre foi visto como uma reserva interna, embora tem recebido sugestões de que uma candidatura sua, seria mais vantajosa nos próximos quatro anos.

 

Ao ir a avante, Liberty Chiaka deverá juntar-se ou enfrentar outros pré-candidatos como José Pedro Katchiungo, Adalberto da Costa Júnior, Abílio Kamalata Numa e Alcides Sakala Simões, que era até pouco tempo identificado como aposta do Presidente cessante Isaías Samakuva.

 

Embora não tenham ainda se manifestado publicamente, os deputados Lukamba Paulo “Gato” e Manuel Raúl Danda são também identificados como dirigentes que estão a ser persuadidos, por militantes a entrar na corrida.

 

Nos bastidores ao congresso, há também informações de que Rafael Massanga Savimbi, possa vir também anunciar uma eventual candidatura embora esteja a ser desencorajado pela liderança do Clã Savimbi, de que faz parte. O entendimento da família Savimbi, é consubstanciado nos dizeres de que uma “precipitação” de Massanga equivaleria queimar etapa. Tem sido persuadido por vários pré-candidatos.

 

Inicialmente havia a proposta para se tornar no Vice-Presidente de Adalberto da Costa Júnior, em caso de vitoria eleitoral deste. Até poucas semanas, uma corrente a si, conotada esteve a fazer campanha de bastidores, no interior do país,  no interesse da candidatura de Alcides Sakala.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: