Luanda - O Secretário Executivo do Conselho Provincial da Juventude de Luanda, Isaias Calunga, tem agido a margem dos estatutos do Conselho Nacional da Juventude, gerindo o conselho a nivel de Luanda de acordo a sua vontade e conveniência adicionando associações de acordo os seus interesses pessoais, desrepeitando todas as orientações do Presidente da República João Manuel Gonçalves Lourenço no que concerne ao combate ao amiguismo, ao mau uso dos bens públicos, a bajulação e a despartidarização.

Fonte: GREJA

Isaias Calunga tem intimidado os lideres juvenis e associados daquela organização, usando o nome do irmão do Presidente da República de Angola, General Serqueira João Lourenço, Chefe Adjunto da Casa Militar da Presidência da República que afirma ter o seu total apoio e que tem o insinuado a insubordinação sucessiva ao CNJ.

 

O Dirigente juvenil tem chantegeado os jovens membros daquela organização neste periodo de assembleia, aproveitando-se da responsabilidade que lhe foi atribuida para mediação no processo de distribuição das casas adecto ao projecto habitacional do zango que vai em conformidade ao percentual destinado aos jovens de 30,%, prometendo oferecer casas a quem o votar.

 

O Conselho Provincial da Juventude de forma a afastar os pontenciais candidatos a assembleia que esta marcada para Março do corrente ano, excluiu de forma premeditada a associação grémio juvenil de Angola violando gravemente os estatutos que regem a organização. Começando logo de principio a excluir o Grémio Juvenil de Angola ( GREJA ) da Reunião do Conselho do Representantes Permanentes e a posterior orientou a Comissão de Recepção candidaturas a assembleia a rejeitar a candidatura do GREJA alegando não ser membro, enquanto o próprio CPJL no ano passado Premiou o líder do GREJA Augusto Cabunde como líder juvenil de mérito.

 

No entanto segundo o Presidente do Conselho Fiscal CPJL Jose Filho em um áudio que circula nas redes sociais, afirmou que Isaias Calunga tem atropelado os estatutos desde que assumiu aquela organização.

 

O Conselho Nacional da Juventude de forma a repor a legalidade, fez sair o comunicado confirmando que o GREJA é membro do CPJL.


No entanto exigimos a comissão de candidatura à V Assembleia do CPJL para repor a legalidade, validando o GREJA como concorrente ao cadeirão maximo da Juventude de Luanda.

 

O SECRETARIADO PROVINCIAL

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: