Luanda - “Estou a sofrer muito. É por isso que eu tentei me matar”, disse as câmaras da Televisão Pública de Angola (TPA), Luciana Ambuila, uma cidadã que atirou-se do primeiro andar do edifício ao lado da Igreja Universal do Reino de Deus, no Alvalade em Luanda.


Fonte: TPA

Residente no bairro Benfica, Município da Samba, Luciana saiu de casa para participar de mais uma missa, quando decidiu tirar-se a própria vida. “Atirei-me só mesmo, é muito sofrimento”, lamentou.

Segundo testemunhas, esta não é a primeira vez que Susana Ambuila tenta por fim a própria vida.


Dizem as fontes, várias vezes já foi impedida de se mandar do edifício abaixo. “Ela sobe por ai onde tem uma escada de madeira e lançou-se”, disse uma testemunha no local.


Neste momento, Susana Ambuila encontra-se em tratamento no Hospital Jozina Machel, em Luanda.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: