Luanda - H​oje queremos informar sobre a demanda da procura e oferta do Gás da cozinha, que ocorrer em algumas províncias do País com destaque Luanda, Benguela, Huambo e Uíge que muitos consumidores enfrentam longas vilas para poder adquirir o mesmo produto.

Fonte: ADECOR

A #ADECOR, constatou que muitos são consumidores, estão a prever à escassez desde produto devido o Covid-19, adquirindo mas de duais botijas para sua reserva, facto este que queremos alertar os consumidores a ficarem calmos, pois os produtos essenciais (#GÁS) enquanto durar a pandemia e depois, continuaram a ser fornecidos na normalidade e com o preço oficial.


Pois por esse motivo do aumento da procura, muitos Fornecedores-Revendedores, de gás estão aproveitando-se da situação para #alterar o preço do mesmo produto, violando assim, o art. 22º da Lei de Defesa do Consumidor, bem como incorrem no Crime de Especulação e Açambarcamento puníveis nos artsº 276º e 452º ambos do Código Penal.


Denúncia a prática de Especula, Linha de apoio ao Consumidor 930 697 284 - 937 786 012 - facebook-ADECOR

Invite a aglomeração como forma da não propagação do vírus Covid-19 e proteja Angola.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: