Luanda - Adão de Almeida, jovem brilhante aparentemente, só peca porque o seu brilhantismo prejudica a maioria dos angolanos, logo, não agrega valor do ponto de vista de satisfação do interesse da maioria, que é a verdadeira missão de qualquer cidadão que escolha ou aceita desafios políticos. Política tem como fim último SERVIR bem. Adão, actual ministro de estado da CASA Civil da presidência da República é, por mais retórica que tenha, conhecido como um anti-patrióta. A história registrou seu envolvimento desde 2012 no desvio de vontades dos cidadãos angolanos via alteração dos resultados eleitorais. Também lhe é atribuída a promoção das assimetrias,(enquanto ministro da Administração e Território) vagueiou pelo país impondo a vontade de uma minoria).

Fonte: Club-k.net

Marcy Lopes, trabalhou, aprendeu e destacou-se muito pela negativa no gabinete dos partidos políticos do Tribunal Constitucional, na fase das eleições de 2017,a par do seu sogro Rui Ferreira, tendo ambos improcedidos várias reclamações e denúncias dos partidos participantes das eleições gerais. Também coube a Marcy Lopes, o papel de produção de pareceres com o fito de inviabilização de vários partidos políticos em forja. Depois de mau serviço prestado à nação no período antes, durante e depois das últimas eleições, é agraciado e catalputado para assessoria no ponto de vista jurídico-constitucional do Presidente da República e, passado dois anos, lá vai para o MATRE dar continuidade ao trabalho sujo de Adão de Almeida.

 

Norberto Garcia, é conhecido vulgarmente como um Intrujão (linguajar popular, significa, mentiroso compulsivo, um simulador de comportamento, alguém que mente com uma extrema facilidade por conta, no caso, da sua eloquência) depois de ter atravessado, por alguns meses, o deserto, (por conta do seu suposto envolvimento da maior tentativa de burla ao estado angolano) o antigo filho de estimação de JES e Secretário para informação do MPLA, é recuperado por João Lourenço, eterno adversário e arqui-rival de JES, para uma das áreas estratégicas para desestabilizar os adversários. Exemplo, nos debates da TV Zimbo em que era convidado tinha a nobre missão de impedir o que o seu colega de painel pudesse transmitir para a vasta audiência a outra versão dos factos.

 

Eldetrudes Costa, actual director de gabinete de JLo, mesmo com os escândalos de corrupção e lavagem de dinheiro, a que todos têm conhecimento, continua de pedra e cal sobre confiança do chefe. É um dos sócios da empresa de manipulação de resultados eleitorais. A TVI, televisão portuguesa, tinha uma reportagem em forja, o Luanda leaks II, onde o atual director de gabinete do Presidente da República, a par do ministro da energia e águas João Batista Borges são os protagonistas. Graças a intervenção musculada dos mesmos e do surgimento e alastramento do COVID-19, muitas verdades ficaram por não serem ditas e o programa da Ana Leal não foi ao ar.

 

Esta quádrupla será a grande dor de cabeça em 2022 para qualquer cidadão de bem que anseia por uma Angola melhor, visto que as suas vontades maléficas não permitirão.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: