Luanda - O SINPROF tomou nota com muita preocupação da sua exclusão do encontro que SuaExcelência Presidente da República realizou hoje com a sociedade civil.


Fonte: SINPROF

 O SINPROF para além de ser dos sindicatos mais representativos deste país, controlando mais de 80.000 associados, é também aquele que ao cabo de 24 anos de sua existência mais se tem batido pela dignificação da classe docente deste país, cujas reivindicações têm beneficiado outros sectores de actividade, como aconteceu recentemente com a aprovação do Estatuto da Carreira dos Agentes da Educação, que precipitou a revisão dos Estatutos Orgânicos de outras carreiras e a sua componente remuneratória. A dimensão e a notoriedade que o SINPROF ganhou por direito próprio e conquistado àabordagem das autoridades deste país.

 

 Apesar de não entender as razões da sua exclusão do encontro, que é sempre uma oportunidade para manifestar directamente ao Senhor Presidente da República as nossas preocupações sobre o sector que representamos, bem como as vias para a sua resolução, ainda mais num contexto difícil marcado pela paralisação das aulas, cujo reinício marcado para 13 de Julho próximo, deve continuar a merecer uma análise cuidadosa de todos, o SINPROF continuará firme na luta pelos interesses dos seus associados e da qualidade da Educação e do Ensino no nosso país, assumindo o seu papel de parceiro incontornável do Executivo no tratamento das matérias ligadas aosector da Educação.

Luanda, 29 de Maio de 2020.
O Secretariado Nacional do SINPROF

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: