Luanda - Um laboratório constituído por petizes do infantário, têm a santa paciência de tentarem lembrar meu invejável nome, é óbvio que Miguel Madeira sendo um potencial jovem político que estava para ascender ao Secretariado Nacional da JMPLA, um político calejado e conhecido acima de tudo de Cabinda ao Cunene, não lhe é incrível ler ou ver por aí, mesmo aos holofotes da mídia, alguns artigos todos eles mal elaborados por petizes instruídos e pagos para realizar as suas acções que visam denegrir a imagem de Dirigentes do MPLA e os seus respectivos Quadros seniores.

Fonte: Club-k.net

Este núcleo composto por militantes de bases e não só, têm na sua agenda dirigida, intenção ou objectivos de tentarem criar artefactos, que visam denegrir a imagem do MPLA, do seu líder sobretudo dos seus Quadros superiores, e com isto pretende ainda de forma leviana, verem o MPLA e o seu Líder, a perderem no próximo pleito eleitoral, felizmente o MPLA, sempre foi e continua a representar o símbolo da unidade, coesão e de inclusão, estes elementos literalmente localizados, por mais que tentem atingir o MPLA e o seu líder sobretudo alguns dos seusQuadros seniores, saibam e entendam que tudo, cairá por debaixo da TERRA.

 

Infelizmente a vossa fome, é mais dura de ser compreendida, nem com poucos míseros que vos é atribuído mensalmente, será suficiente para saciar os vossos desejos insaciáveis, pois, é mais fácil saciar a fome de um cão, do que tentar compreender a fome de quem não sabe mais o comer (raça de animais ferozes em pele alheia), meus caros, a vossa agenda é conhecida por todos os dirigentes do MPLA e por alguns militantes atentos, e para vós, acreditem que, tarde ou cedo, tudo será investigado e descoberto, muitos destes serão entregues a justiça.

 

É sabido que, muitos dos nossos "CAMARADAS", munidoscom uma agenda de acções inconfessáveis, têm tentado a todo custo, criar e alimentar "INFORMAÇÕES" falsas, que visam distrair o cda. Presidente República e do do MPLA, para que, o Chefe de Estado e líder do Partido pense, que no seio dos Militantes existe alas que tentam contrariar a Agenda do Partido e do Executivo que, tem por objecto o Combate a corrupção, nepotismo, impunidade, ao branqueamento de capitais, o tráfico de influência, entre outros males que, sempre lesaram a nossa sociedade. Meus nobres camaradas e Compatriotas, quem é atento sobre os factos políticos bem como os seus desenrolamentos, creio que, saberá compreender a chamada ESTRATÉGIA DOS "ALPINISTAS", vulgarmente conhecidos os camaleões das organizações ou como queiram os "Marias" vai com todos, nunca foram apologistas da unidade e do fortalecimento do MPLA, estes prevaricadores estão sempre disponíveis em gerar a "DESINFORMAÇÃO", como referi, o objectivo é nada mais e nada menos do que, distrair quem sabiamente nos lidera, cujo o fim último é tentar granjear na vida política e económica, e prejudicar de forma incondicional quem sempre soube trabalhar e de maneira salutar consegue da melhor maneira compreender as dinâmicas e os sinais dos tempos. Estes vermes (ALPINISTAS), procuram estar sempre mais próximo dos dirigentes e dificilmente são identificados (piores que Androids) , são os lobos vestidos com a pele de ovelha, daí, a razão e o sentido da nossa vigilância contínua e permanente, muitos destes senão todos, são os mesmos que num passado recente "eram conhecidos como os palmôlogos da bajulação e os incansáveis e bajuladores sem cessar, incansáveis do ego". Infelizmente, hoje, estão posicionados em outras galáxias e com as estratégias literalmente avançadas no campo da bajulação.

 

Tenho dito que, não é saudável nem tanto recomendável, estar a responder por essas vias determinadas provocações ou comentários baratos destes vermes impiedosos, tenho dito que, manter a sanidade mental, requer de nós o esforço titânico e a máxima ignorância aqueles que nada produzem senão a inveja e provocação.

 

Magros, mangos e "bons" petizes, sei que, a vossa maior pretensão, consiste em manchar o bom nome de muitos dos nossos camaradas, para que estes possam ser vistos como os piores militantes da "história". A estes vermes, recomendo que, façam esse trabalho indecoroso, de forma mais "inteligente" e comedida, os poucos míseros que vos é atribuído mensalmente, serve para aprimorar os estudos de propaganda barata e de produção de conteúdos mais atraentes para quem vos presta atenção e para quem vos lê de forma inocente. Pois, tudo o quanto têm produzido para o meu pseudónimo, não tem passado de mais uma distração endiabrada e eivada de vossa má fé. O meu barco segue se cessar e direcção nunca há de mudar as minhas velas, mesmo, com as tempestades imprevisíveis. A isto, associo ou chamo de maior firmeza.

 

Aos meus petizes do infantário, reitero aqui mais uma vez, que por uma questão de valores, convicção e de comprometimento com as causas nobres defendidos pelo MPLA, sobre auge do Cda. JOÃO MANUEL GONÇALVES LOURENÇO. Eu, Miguel Madeira, sempre estarei pronto e disponível para contribuir, aí onde formos chamados a servir ou debitar, e registem e acreditem que, a minha educação e a devida coerência, nunca terei a maledicência de hostilizar ou difamar os lideres que, antecederam o cda. JOÃO LOURENÇO, a todos eles, independentemente das sua falhas humanas e políticas, contribuíram para a construção deste glorioso e vitorioso, um Partido que, sobretudo afirmou-se na consolidação de uma nação uno e indivisível, a todos eles, rendo as minhas vénias.

 

A defesa dos nossos líderes, não deve ser e nunca será feita por membros da oposição e quem de forma destemida e voluntária, não deve nem pode ser visto como um bajulador ou ditos vendidos a troco de nada. A lealdade, honestidade e a ética, são princípios e valores defendidos de em núcleos regrados pelo nosso Partido, infelizmente não se espera o cumprimento cujo os interesses são inconfessáveis, têm como prioridade, a ascensão mesmo sem medir os danos morais ou consequências (altruístas da bajulação)·

 

Meus amigos e camaradas, aquele que se afasta dos seus amigos de forma maquiavélica dos seus amisgos, com o objectivo de atingir ou assumir determinadas funções, deve acima de tudo constituir-se em matéria ou objecto de estudo. A ética e a moral, são valores prescindíveis, que devem nortear qualquer político, empresa, profissão e profissional, sem estes elementos, estaremos diante de uma instituição ou cidadão sem prestígio e futuro.

 

Ao terminar, deixo aqui um inadiável desafio, "se o vosso laboratório é minimamente séria e honesta, tornem público, as referidas propostas "que me foram propostas as irmãs dos Santos"·

MUITO OBRIGADO!

MPLA, SOMOS TODOS NÓS, E JUNTOS, NO COMBATE AOS MALES QUE LESAM A NAÇÃO E O NOSSO PARTIDO.

"A mangueira, quando passa dar os primeiros frutos, deve estar preparada para suportar, as pedradas vindas dos diferentes ângulos".

SUBSCREVE;

MIGUEL MADEIRA
( KAMIKAZE DA PÁTRIA)

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: