Luanda - Talvez a população ainda não se tenha apercebido, mas a província do Bié vai nos próximos dez meses sofrer uma transformação socioeconômica profunda, com a conclusão das obras em execução, enquadradas no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios – PIIM.

Fonte: Club-k.net

No quadro nacional de projectos aprovados pelo Ministério das Finanças no âmbito do PIIM, o Bié está na segunda posição com 69 projectos já em execução, atrás da Huila que lidera a lista com 90 projectos.

Com maior incidência sobre os sectores da saúde, construção e obras públicas, urbanismo, energia e águas, segurança e ordem pública, saneamento básico e infraestruturas administrativas, bem como, nas vias de comunicação inter e intra municipal, a carteira de projectos abrangidos pelo financiamento do PIIM na província do Bié está dividida da seguinte forma:

CUITO
A construção de uma escola de 20 salas de aula, reabilitação do Seminário Menor da Igreja Católica, construção de três pontes, construção de uma Academia de Música, construção de uma quadra polidesportiva, reabilitação do edifício para o Hospital Provincial Materno Infantil e a construção e apetrechamento do Hospital Municipal do Cuito, na comuna do Cunje.

As obras do PIIM no município do Cuito abrangem ainda a construção do futuro edifício da Televisão Pública de Angola — TPA e a terraplanagem de 58 quilómetros e 700 metros da estrada que liga a cidade do Cuito à comuna do Cambandua.

ANDULO
Constam das obras do PIIM no município do Andulo, duas escolas, a requalificação do Jardim Dr. António Agostinho Neto, a construção da administração comunal de Calussinga, do Parque Infantil daquela região, assim como a recuperação de alguns furos de água na comuna.

CHINGUAR
O município de Chinguar foi beneficiado com a construção e reabilitação de quatro infraestruturas sociais, num total de seiscentos milhões de kwanzas investidos pelo Governo Central no âmbito do PIIM.

Estão a ser construidas duas escolas de sete e 12 salas de aula, a reabilitação e ampliação do Hospital Municipal do Chinguar, bem como a reparação e terraplanagem de 23 quilómetros de estrada que liga a sede municipal à comuna do Cangoti.

CUEMBA
As obras do PIIM no município do Cuemba consistem na asfaltagem de 10 quilómetros de estrada, em duas fases, sendo na primeira 10 e segunda quatro quilómetros, na sede municipal, construção de três pontes, de duas escolas de 12 e sete salas de aulas e um clube comunitário, a serem executados entre três a 12 meses.

CATABOLA

A vila de Catabola, vai pela primeira vez na história do município contar com um tapete asfáltico no âmbito do plano integrado de intervenção nos municípios (PIIM). Catabola vai ainda beneficiar da construção de duas novas Escolas de 12 e 7 salas de aulas, um centro materno infantil e a ampliação e reabilitação da Escola de práticas agrárias.

CUNHINGA

O Cunhinga foi beneficiado com duas escolas de 12 e sete salas de aula, terraplanagem de 44 quilómetros de vias secundárias e terciárias, reabilitação e apetrechamento do Hospital Missionário do Vouga e aquisição de uma ambulância.

NHAREA

No município da Nharêa serão executados um total de dez projectos de vários sectores. O PIIM naquele município vai dar prioridade à construção de duas escolas de 12 salas cada, reabilitação e terraplanagem de vias de comunicação, num percurso de 104 quilómetros da sede municipal às comunas de Caieie e Dando.

O programa prevê ainda a construção na Nharea, de um centro de saúde com capacidade para 30 camas, construção de uma escola primária de sete salas de aula, na povoação de Catacala, a reabilitação e ampliação do Hospital Municipal, a construção de uma quadra desportiva, assim como a construção de uma escola de 12 salas de aula na comuna da Lubia, bem como, o saneamento básico e gestão de resíduos sólidos para todo o município.

CHITEMBO

A população do município de Chitembo vai beneficiar-se de um total de 12 projectos, com destaque para a asfaltagem de 10 quilómetros de Estrada da sede municipal, cem quilómetros de terraplanagem das sedes comunais, ampliação da Administração municipal, reabilitação do sistema de abastecimento de água e a construção de um instituto médio politécnico.

Das infraestruturas a serem erguidas figuram ainda duas escolas de 12 e sete salas de aula, bem como uma quadra polidesportiva.

CAMACUPA

No município de Camacupa, foram consignadas sete obras para a construção de três escolas, conclusão e apetrechamento de uma esquadra policial e a asfaltagem de 12 quilómetros da malha rodoviária da sede municipal.

As 69 obras em execução são parte de um conjunto de 155 projectos inscritos pelo governo do Bié cuja implementação deverá gerar cerca de cinco mil empregos para os jovens. Grande parte das obras já registam uma execução física na ordem dos 70 por cento. 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: