Luanda - Os nomes dos artistas angolanos que recentemente partiram para a eternidade com Carlos Burity, Waldemar Bastos e Bernardo Jorge Bangão, este último falecido em 2015, constam da lista de vários nomes da cultura angolana que a Administração do Distrito Urbano do Benfica vai propor ao “Grupo Técnico”, da Administração municipal de Talatona, que está a estudar a “Toponímia” do Distrito do Benfica.

Fonte: Administração

De acordo com o Administrador distrital, Hélio Aragão, a sugestão da Administração do Benfica para designar algumas ruas da circunscrição, (como memória histórica da nossa cultura), no Distrito, com os nomes dos músicos Carlos Butity, Waldemar Bastos e Bangão justifica o “slogan” “DISTRITO URBANO CULTURAL”, como forma de homenagear os exímios artistas que muito fizeram para engrandecimento e valorização da cultura angolana, dentro e fora do país.

 

O músico angolano Carlos Burity morreu, aos 67 anos de idade, na madrugada desta quarta-feira, 12, em Luanda, vítima de doença, disse o diretor nacional da Cultura, Euclides da Lomba. O cantor, que se encontrava internado na Clínica Girassol, na capital angolana, iniciou a sua carreira no início dos anos 70, e em 1974 gravou, com o Grupo Semba, uma selecção de temas angolanos que ficaram na história da música popular angolana.

 

Waldemar Bastos; o grande artista angolano morreu, aos 66 anos de idade, na madrugada de dia 10 deste mês (agosto), no Hospital de Oncologia de Lisboa, Portugal, vítima de cancro, informou o seu grande amigo e fundador do Portal de Angola, Jorge Monteiro.

 

Bernardo Jorge “Bangão” faleceu em 2015, aos 53 anos de idade, na madrugada de dia 17 de Maio, na África do Sul, vítima de doença.

 

Dono de uma longa e rica carreira artística, Bangão é um dos músicos mais referenciados do mercado nacional, fruto dos seus dois últimos discos “Sembele” e “Cuidado”.

 

Juntos Por Um Benfica Melhor.
Benfica, Distrito Urbano Cultural.

Imagem; Armando Filismino Agostinho
Redacção; Ós Muhongo Ganga
SCS – Secção de Comunicação Social/Benfica

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: