Luanda - As autoridades angolanas detiveram duas pessoas suspeitas da morte de um idoso e de um adolescente, de 14 anos, por crença no feiticismo, na província do Zaire, informou hoje a porta-voz do Serviço de Investigação Criminal.

Fonte: Lusa

Suzana Sebastião disse que os crimes ocorreram em julho, em diferentes localidades e os acusados encontravam-se em fuga, tendo sido detidos apenas na segunda-feira, depois de várias diligências.

A responsável referiu que o adolescente foi morto com golpes de catana por uma tia, de 40 anos, que acreditava ter sido ele o responsável pela morte de um dos seus filhos.

No segundo caso, um homem matou o vizinho, um idoso, por crer que era o causador de várias mortes na sua família.

"A senhora utilizou um instrumento contundente, a catana, que desferiu contra a vítima e provocou a morte imediata. E o segundo acusado utilizou um instrumento contundente, o martelo, que desferiu contra a vítima na região da cabeça, provocando a morte imediata", informou Suzana Sebastião.

A porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, em declarações emitidas pela rádio pública angolana, salientou que os suspeitos foram já presentes ao Ministério Público.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: