Lisboa – A jornalista da TPA, Joana Tomás foi “aprovada” pelo Bureau Político como candidata ao cargo de Secretária Geral da Organização da Mulher Angolana (OMA), a ser eleita no 7o Congresso Ordinário da OMA, a ter lugar em Março de 2021.

Fonte: Club-k.net

Tomás que ingressou no Bureau Político, no congresso extraordinário de 2018, deverá substituir no cargo a veterana, Luzia Inglês Van-Dúnem "Inga", no cargo há 22 anos.


Formada no Brasil, Joana Tomás é desde 2018 a diretora do canal internacional da TPA, cargo que ocupa depois de ter sido delegada desta mesma estação de televisão na província do Cuando Cubango. É descrita como humilde, e apaixonada pelo jornalismo investigativo na vertente cultural.


Em Junho passado foi citada numa reportagem da DW, sobre o tema “a relação entre o jornalismo e o poder em Angola”. A abordagem destacava a eleição de jornalistas para o Comité Central e Bureau Político do MPLA reacendendo o debate sobre questões éticas do jornalismo em Angola.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: