Luanda - Distintos membros da sociedade, presenciaram ao acto da inauguração da sede do Jango Cultural (agremiação civil) com sede na Província do Huambo.

Fonte: Jango

O corte da fita coube a Jeremias Piedade em representação do vice-Governador da Província do Huambo, José Cornélio. Na ocasião, o líder político fez saber que o "associativismo nem sempre é compreendido por todos. O ideal é trilhar o caminho do bem", frisou.


O acto foi ainda presenciado por ilustres figuras empresariais, fazedores de opinião e actores políticos de Partidos com assento parlamentar, como a UNITA, PRS, MPLA e CASA-CE.


Na ocasião, Jeiel de Freitas deu boas vindas aos convidados, e garantiu ser uma iniciativa própria do projecto, embora simples, é o reacender de uma nova etapa.


A sede do Jango Cultural, localiza-se na rua das antigas instalações da Televisão Pública de Angola, e estará aberto das 8 às 16 horas, para atender questões ligadas a sua linha de atuação que compreende fiscalização a Governação local e ações de intervenção a violação de direitos humanos.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: