Luanda - Maria Eugénia Neto, 86 não tomou parte da cerimonia realizada, nesta quinta-feira, 15, em Luanda em alusão ao 98º aniversário do nascimento do seu malogrado esposo e primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto.

Fonte: Club-k.net

O evento presidido pelo Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa Baltazar Diogo teve lugar na praça da Independência pelo que observadores atento terão notado que em 41 anos esta foi uma das raras ausências da viúva, num acto central em Luanda.

 

Já o ano passado, a data apanhou-lhe, em Lisboa, tendo participado no acto organizado pela embaixada de Angola, em Portugal. Este ano a data voltou apanhar-lhe na capital portuguesa, tendo mesma se deslocado a missão diplomática angolana para deposição de uma coroa de flores no busto de Agostinho Neto.

 

Segundo apurou o Club-K, Maria Eugénia Neto passou nos últimos dois anos a estar mais tempo em Lisboa, para acompanhando de uma das filhas, Leda da Silva Neto que esta com a saúde debilitada decorrente um ataque vascular que inicialmente levou a evacuação para África do Sul, e depois levada a Portugal, já na fase de recuperação. Enquanto em Lisboa, Maria Eugénia Neto tem também aproveitado cuidar da sua saúde, tendo inclusivo submetido a exames das vistas devido a cataratas.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: