Luanda - Gostei, em primeiro lugar, porque JLO chamou e reuniu, no mesmo local, jovens que actuam em áreas diferentes que demonstraram, efectivamente, que Angola só vai erguer à sua bandeira de desenvolvimento com o estender da mão de todos;

Fonte: Club-k.net

Demonstraram que o exercício da cidadania plena não é um apanágio dos jovens políticos, muitos deles escondidos na chapa de “revus”;

 

Demonstraram que a luta pelo desenvolvimento, respeito dos direitos fundamentais, quer sejam de primeira, segunda, terceira ou quarto grau, respectivamente, e pela boa governação não é exclusiva aos “revús”, como, em muitos casos, se pretende transmitir;

 

Gostei porque conseguiu aclamar assuntos de sectores que, na verdade, são esquecidos, entre nós, como são os casos do teatro, da dança, música e os direitos autorais, artes marciais, ambiente e outros.

 

Gostei porque o meu amigo Francisco Teixeira, do MEA, mesmo dando uma de “bairrista” como faz, sempre, aqui na nossa “banda”, conseguiu fazer passar à mensagem e tocar nos assuntos, verdadeiramente, do sector de educação;

 

Como tudo, não gostei 50% do mesmo encontro.

 

Não gostei porque deixou patente que, de facto, nós os jovens angolanos precisamos de mais preparação, essencialmente, quando se trata de apresentar ideias em público;

 

Não gostei porque boa parte dos jovens ficou no dito por não dito;

 

Não gostei porque os representantes dos movimentos políticos, mais uma vez, comprovaram, em meu entender, que aquelas organizações estão entregues à bicharada;

 

Não gostei porque os líderes juvenis da JMPLA, UNITA, FNLA e PRS atestaram à sua incompetência, do ponto de vista político-partidário, ao levarem “assuntos não assuntos” e terem olhado mais para a “factura” política, fruto das ideologias partidárias caducas que centram a actividade na “piada” ao adversário;

 

Não gostei porque alguns “revús” convidados declinaram o convite com argumentos personalistas, como se “lutassem” apenas para o seu bem-estar, deixando de fora um conjunto de cidadãos que há muito clama por melhores dias e daí olharem para eles como esperança, mesmo que moribunda;

 

Não gostei porque muitos dos “revús”, para além da rejeição, mostraram que, também, não sabem o fim último da luta que fazem e se nessa luta há regras por cumprir;

 

Não gostei porque estes mesmos jovens mostraram que são mais petulantes, intolerantes do que o saudoso presidente fundador da UNITA, Jonas Savimbi que, apesar do mal que fez, como muitos outros fizeram, nalgum momento aceitou sentar à mesma mesa com o seu beligerante para discutir sobre a Angola que queria;

 

Não gostei porque, nalgum momento, JLO mostrou que está com excesso de confiança do trabalho que está a fazer, o que, em política, não é bom, pois, pode relaxar à equipa;

 

Não gostei porque JLO não limitou o número de perguntas e ainda assim optou por responder somente aquelas que melhor entendeu;

 

Gostei e desgostei 50% do encontro entre JLO e os jovens



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: